Quando o Amor acontece através da Criptoanarquia


golden cross do Bitcoin


Pode parecer trivial a felicidade de um evento como um golden cross. Mas acompanhar as pequenas vitória de uma tecnologia capaz de libertar a humanidade enquanto oferece uma chance de ganhar dinheiro é uma das coisas mais interessantes que eu já vivenciei.  


Nos conhecemos poucas horas antes do meu aniversário de 25 anos e você foi a primeira pessoa a me dar parabéns. Normalmente eu não me dou ao misticismo, mas algumas coincidências parecem feitas sobre medidas para nos intrigar. Suas primeiras palavras foram sobre o golden cross da MA200 que o Bitcoin havia acabado de passar. Desse cruzamento pra cá, o Bitcoin valorizou mais de 70% e com ele, meu afeto por ti. 


O mercado de ativos digital é um nicho, formado muitas vezes, de forma esquizofrênica, por homens ''liberais na economia e conservadores no costume'', completamente fissurados pela ideia de enriquecer e com pouco interesse pela filosofia das criptomoedas ou por suas esposas (sim, a poligamia não consensual é a regra desse mercado e talvez da sociedade). 


Felizmente, nas revoluções do dia-a-dia, encontrei entusiastas que sempre me motivaram a manter meu foco nos potenciais da descentralização, privacidade e liberdade dos indivíduos, ao lado dos lucros (você pode encontrar muitos deles nesse Telegram). A verdade é que poucos experimentos anarquistas tiverem êxito no longo prazo. Mas, enquanto a utopia tem fracassado na maior parte de suas empreitadas, os anarquistas individualistas tem logrado êxito. E por isso que esse encontro, que já forma uma média móvel de 100 dias desde o golden cross, é tão especial.


Entre Cavalos de Tróia de territórios soviéticos, direitos animais, o interrompimento de beijos mais valioso da minha vida ($ MANA - 170%), cafés checos, debates sobre praxeologia e TAs de início de semana, seu individualismo brutalista arrasta minha anarquia para o último patamar: o amor livre.


gráfico Decentraland (MANA)


Cotidianamente, escalo através das raízes aéreas, Eros e erros para ver o oásis das liberdades ainda não imaginadas, enquanto um anjo caído sussurra no meu ouvido ''tu és a única responsável pelos riscos que assume. Não há como responsabilizar o outro''.


Amar de forma libertária não é uma habilidade fácil de desenvolver, mas é muito poderosa. Onde não há contratos, é possível aproveitar o potencial dos indivíduos assertivos que se mantenham inflexíveis pelo que acreditam. E não há atalhos. Mas quando chegamos perto, a ilusão da dimensão pode jogar à nosso favor. A autoconsciência, ética e sapiência são as características de mais alto nível que compõem uma pessoa. Mas é preciso correr riscos para buscar altos retornos. 


Através do nosso Bitcoin e da sua rebeldia individualista, tenho atingido um estado de saúde no abismo, enfrentando as questões mais nobres que conheço, meu ego, inseguranças e obsessões, da forma mais trivial e cotidiana possível. O amor que acontece através da criptoanarquia, permite que nos tornemos rendi, aceitando as regras apenas para violá-las.


 Eu não tenho dúvida, clever is the new black

Posts recentes

Ver tudo
''Todos os modelos estão errados, mas alguns são úteis".
George Box